Tarô de Crowley - Palavras-Chave (Hajo Banzhaf & Brigitte Theler)



Aleister Crowley foi sem sombra de dúvidas o maior mago do século XX. Denominando-se a "Besta do Apocalipse", marcou o cenário esotérico com sua presença e carisma unidos ao conhecimento que detinha. Criou o Tarô de Crowley com todo aparato simbólico, desenhado por Lady Frieda Harris, que foi publicado junto com seu livro The Book of Thoth, pela primeira vez em 1971, fugindo ao simbolismo tradicional do baralho.

Um dos mais populares da atualidade, o Tarô de Crowley é a culminação de todos os estudos dele sobre Astrologia, Numerologia, Cabala e Ocultismo.

Em Tarô de Crowley — Palavras-chave, Hajo Banzhaf e Brigitte Theler expõem de forma didática 18 maneiras de disposição das cartas, descrevem detalhadamente a simbologia de todos os Arcanos Maiores e Menores e no final de cada uma fornecem o seu atributo astrológico.

"Cada carta é, em determinado sentido, um ser vivo, e suas relações com as
vizinhas são o que se poderia chamar de diplomáticas. Ao estudante cabe a
tarefa de incorporar estas pedras vivas a seu templo vivente."

Aleister Crowley

1 comentários:

Andarilho 29 de maio de 2010 12:05  

Nossa mais nova obssessão!

Postar um comentário


Circe oferecendo a taça a Ulisses (John William Waterhouse)

Sobre o Segundo Círculo

Esse blog não tem grandes pretensões... Não quer virar material de consulta de ninguém... Antes de tudo, pretende ser um canal de comunicação entre pessoas (que se conhecem) e tem objetivos em comum muito claros: auto-conhecimento e troca de informações a respeito dos temas propostos... Espiritualidade, mitologia, arte, ocultismo, religiões e tudo o que deriva disso... Bem-vindos são todos que se identificarem com essa filosofia.